Bitfinex Apresenta Moção para Rejeitar Alegações de Manipulação de Bitcoin, Cita Falta de Prova


Bitfinex Apresenta Moção para Rejeitar Alegações de Manipulação de Bitcoin, Cita Falta de Prova

iFinex – a empresa-mãe da exchange de criptos Bitfinex – junto com a Tether entrou com uma moção rejeitando as alegações de manipulação de mercado do Bitcoin. A exchange de criptos Bitfinex enfrenta acusações de manipulação de Bitcoin usando a stablecoin de Tether (USDT) lastreada em dólares americanos.

Na ação, a demandante Bitfinex injetou bilhões de dólares no valor de USDT no mercado de criptos, sem realmente lastrear em dólar americano. Em outubro de 2019, a querelante acusou a Bitfinex de comportamento anticompetitivo e enganoso na Reclamação de Ação Coletiva (CAC). Esta reclamação observa que tal manipulação pela Bitfinex levou a avaliações de mercado de cripto em um aumento de mais de $800 bilhões no final de 2017.

Desmascarando todas essas afirmações, a Bitfinex disse que não há provas concretas de seu envolvimento. Ele observa que a CAC gerou uma história totalmente nova que “elabora esquema de fraude épica”. No entanto, o autor não fornece provas suficientes para apoiar essas reivindicações, observa a Bitfinex.

Na moção apresentada na quinta-feira, 3 de setembro, a Bitfinex disse:

“Os demandantes tentam remendar essa lacuna na CAC com conclusões sem suporte e especulação de classificação, ao invés de alegações de fato. Tais alegações conclusivas não podem salvar as reivindicações contra os Réus da Exchange.”

Bitfinex Pede aos Demandantes que Mostrem Prova De Perdas Monetárias

Embora culpassem a Bifitinex pela manipulação do mercado, os demandantes alegaram ter perdido dinheiro com a compra de criptomoedas a preços inflacionados. No pedido reconvencional, a Bitfinex observa que os demandantes não apresentaram prova de seus prejuízos ou prova de que os preços de criptos foram artificialmente inflacionados no momento em questão.

Assim, a Bitfinex chama os demandantes por “alegações infundadas” sem o conhecimento real de qualquer manipulação. A moção acrescentou:

Não existe uma “única alegação sustentável de que os Réus da Exchange – Bittrex, Inc. e Poloniex, LLC – tinham qualquer conhecimento ou função no esquema”.

A Bitfinex acrescenta que, uma vez que os demandantes não podem fornecer prova de sua perda monetária nas mãos da exchange, todas as acusações de comportamento monopolista e anticompetitivo contra a exchange devem ser rejeitadas.

A operadora da Stablecoin, Tether, também enfrenta processos judiciais separados por seu suposto envolvimento na manipulação de mercado. A Tether também forneceu a prova de fundos em várias ocasiões no passado, quando solicitada. De acordo com o agregador de dados CoinMarketCap, a Tether tem um suprimento circulante de 13.751.463.500 USDT, cada um avaliado em $1.

Summary
Bitfinex Apresenta Moção para Rejeitar Alegações de Manipulação de Bitcoin, Cita Falta de Prova
Article Name
Bitfinex Apresenta Moção para Rejeitar Alegações de Manipulação de Bitcoin, Cita Falta de Prova
Description
iFinex - a empresa-mãe da exchange de criptos Bitfinex - junto com a Tether entrou com uma moção rejeitando as alegações de manipulação de mercado do Bitcoin. A exchange de criptos Bitfinex enfrenta acusações de manipulação de Bitcoin usando a stablecoin de Tether (USDT) lastreada em dólares americanos.
Author
Publisher Name
CoinGape
Publisher Logo
Disclaimer A Coingape está comprometida em seguir os mais altos padrões de jornalismo e, portanto, segue uma política editorial rigorosa. Dessa forma, a CoinGape toma todas as medidas para garantir que os fatos apresentados em seus artigos sejam precisos.
Isenção de responsabilidade: As opiniões, previsões, posições ou estratégias expressadas pelos autores e pelos que fornecem comentários são apenas suas e não refletem necessariamente as opiniões, previsões, posições ou estratégias da CoinGape. Faça sua pesquisa de mercado antes de investir em criptomoedas. O autor ou publicação não se responsabiliza por sua perda financeira pessoal.
Author: Guilherme de Faria Martins da Silva
Publique seu comentário...