O CEO da JP Morgan Diz Que Não “se Importa com Bitcoin”. Eis o Porquê

By Guilherme de Faria Martins da Silva
Published Setembro 28, 2021 Updated Setembro 28, 2021

O CEO da JP Morgan Diz Que Não “se Importa com Bitcoin”. Eis o Porquê

By Guilherme de Faria Martins da Silva
Published Setembro 28, 2021 Updated Setembro 28, 2021

Jamie Dimon, o icônico magnata financeiro e CEO da empresa multinacional de investimento bancário JPMorgan Chase partilhou recentemente a sua opinião sobre a volátil indústria das criptomoedas e o seu principal ativo, Bitcoin (BTC). Falando numa entrevista com o Times of India (TOI), Dimon disse que não se preocupa realmente com o bitcoin quando lhe perguntaram se a moeda digital deveria ou não ser regulada.

Dimon expressou sua admiração pelo modo como um número crescente de pessoas desperdiça muito do seu “tempo e esforço” em discussões que estão centradas em Bitcoin, apontando que a classe de ativos incipiente será regulada pelos governos eventualmente.

Leia mais: Depois da Igreja Universal, Traficantes Podem ter Investido em Bitcoin Através da GAS Consultoria

“Eu realmente não me importo com o Bitcoin. Penso que as pessoas desperdiçam demasiado tempo e fôlego nele. Mas vai ser regulamentado. […] E isso irá restringi-lo até certo ponto. Mas se isso o elimina, não faço ideia e não me importo pessoalmente”, o CEO disse.

Dimon disse que não pode precisar categoricamente o ângulo que os governos irão introduzir na sua proposta de regulamento sobre a criptomoeda, registrando que poderia ser um ativo, um título, uma moeda ou uma moeda estrangeira, respectivamente. De qualquer maneira, Dimon notou que ele não pode estar tão interessado porque “não é um comprador de Bitcoin”.

Leia mais: Análise de preços do Ethereum e da Uniswap: 27 de setembro de 2021

Pessoalmente Baixista, Mas Logicamente Factual

A disposição pessoal do chefe do JPMorgan não o impede de apontar o potencial lado baixista do Bitcoin. De acordo com ele, que não apoia o Bitcoin “não significa que não possa ir 10 vezes ao preço nos próximos cinco anos”, uma faixa de preços que fará com que o BTC valha mais de US$430.000 dólares, no topo de uma capitalização de mercado superior a US$8 trilhões, tomando o valor negociando atual de US$43.151,94 de acordo com dados da CoinMarketCap.

Embora Jamie Dimon seja um crítico conhecido do Bitcoin, sua opinião não reflete em grande parte os avanços pelos quais sua empresa sempre aparece nas manchetes. A JPMorgan tem um envolvimento muito rico com o ecossistema das criptomoedas, tornando-se legitimamente o primeiro banco nos Estados Unidos a oferecer fundos cripto a clientes ricos de varejo em julho.

Com o seu interesse adquirido no ecossistema da moeda digital, os analistas da JPMorgan estão sempre partilhando as suas opiniões de especialistas sobre as tendências do mercado. Estes comentários são frequentemente direcionados para ajudar os investidores a avaliar as tendências no ecossistema ao tomarem as suas decisões de investimento.

Leia mais: 

CoinGape Twitter

Isenção de responsabilidade
O conteúdo apresentado pode incluir a opinião pessoal do autor e está sujeito às condições de mercado. Faça sua pesquisa de mercado antes de investir em criptomoedas. O autor ou a publicação não tem qualquer responsabilidade por sua perda financeira pessoal.
sobre o autor
Guilherme de Faria Martins da Silva
1795 artigos
Escritor de conteúdo experiente em investimento e domínio de blockchain. Recentemente, obteve a certificação de Agente Autônomo de Investimento. Prospecto e planilhas de fundos de investimento, informações técnicas e comerciais relacionadas a produtos de investimento, white papers, white papers técnicos, sites e postagens em mídias sociais.

Loading Next Story