Copa do Nordeste é transformada em NFT negociado na Binance a partir de R$ 5,68

By Paulo José
Published Dezembro 17, 2021 Updated Dezembro 17, 2021

Copa do Nordeste é transformada em NFT negociado na Binance a partir de R$ 5,68

By Paulo José
Published Dezembro 17, 2021 Updated Dezembro 17, 2021

A indústria do futebol está incorporando a tecnologia blockchain rapidamente através dos tokens não fungíveis (NFTs) e fan tokens. Depois do Atlético – MG criar treze coleções de NFTs em 2021, a Copa Nordeste decidiu entrar também nessa onda.

De acordo com a Binance, uma nova coleção de NFTs com o tema futebol foi lançada nesta sexta-feira (17) no marketplace da exchange voltado para tokens não fungíveis.

Inspirada pela Copa Nordeste, a coleção de NFTs “Lampions” apresentará momentos eternizados do campeonato de futebol local através de tokens exclusivos sendo negociados a partir de US$ 1, ou ainda, R$ 5,68 segundo a cotação do dólar atualmente.

Considerada inovadora por apresentar uma descentralização dos campeonatos de futebol no Brasil – geralmente concentrados na região sudeste – a Copa Nordeste é um dos eventos esportivos mais importantes do país, diz Mauricio Portela, sócio da LiveMode.

“A Copa do Nordeste sempre foi inovadora. No ano passado, fizemos a primeira transmissão do mundo no Tiktok e agora estamos muito animados em estrear os colecionáveis NFTs em vídeo nas competições de futebol. Queremos que os interessados no universo de criptoativos também acessem as emoções da Lampions.”

No total, oito NFTs serão lançadas na coleção “Lampions”, onde os tokens representam momentos inesquecíveis do torneio, como gols e defesas históricas de jogadores.

CoinGape Twitter

Isenção de responsabilidade
O conteúdo apresentado pode incluir a opinião pessoal do autor e está sujeito às condições de mercado. Faça sua pesquisa de mercado antes de investir em criptomoedas. O autor ou a publicação não tem qualquer responsabilidade por sua perda financeira pessoal.
sobre o autor
Paulo José
353 artigos
Jornalista apaixonado pelo universo das criptomoedas e seu enorme impacto na sociedade. Ele conheceu o Bitcoin em 2013 sem saber que a criptomoeda tomaria conta de sua vida anos depois. Ele trabalhou em outros portais de notícias sobre criptomoedas e atualmente é um dos contribuidores do CoinGape.

Loading Next Story