El Salvador pretende emitir US$ 1 bilhão em títulos de bitcoin

By Paulo José
Published Janeiro 6, 2022 Updated Janeiro 6, 2022
El Salvador e Bitcoin pela visão de um brasileiro
El Salvador e Bitcoin pela visão de um brasileiro

El Salvador pretende emitir US$ 1 bilhão em títulos de bitcoin

By Paulo José
Published Janeiro 6, 2022 Updated Janeiro 6, 2022

Prestes a completar quatro meses de adoção do bitcoin como moeda oficial, El Salvador continua seus planos de expansão do uso da criptomoeda. De acordo com a proposta do presidente atual, Nayib Bukele, US$ 1 bilhão em títulos de bitcoin poderão ser emitidos pelo país sul-americano.

A proposta de emissão de títulos de bitcoin foi confirmada por Alejandro Zelaya, ministro das finanças de El Salvador. Inicialmente, a proposta deverá ser aprovada pelo Congresso local, que avaliará 20 projetos de lei relacionados à emissão de títulos de criptomoedas pelo país.

El Salvador é o primeiro país do mundo a declarar o bitcoin como moeda oficial. Ao lado do dólar norte-americano, desde o dia 7 de setembro de 2021, os salvadorenhos estão utilizando a moeda digital para pagar por produtos e serviços.

Os títulos que serão emitidos em 2022 pelo país devem ser convertidos em bitcoin, sendo que metade desses papéis serão usados para aumentar a atividade de mineração de criptomoedas no país.

Além de investir em mineração de bitcoin, El Salvador construirá uma “Cidade bitcoin”, onde todos os serviços serão integrados à criptomoeda. Parte dos títulos emitidos em bitcoin poderão também ser usados para financiar esta cidade, que ficará localizada na região do Golfo de Fonseca.

CoinGape Twitter

Isenção de responsabilidade
O conteúdo apresentado pode incluir a opinião pessoal do autor e está sujeito às condições de mercado. Faça sua pesquisa de mercado antes de investir em criptomoedas. O autor ou a publicação não tem qualquer responsabilidade por sua perda financeira pessoal.
sobre o autor
Paulo José
353 artigos
Jornalista apaixonado pelo universo das criptomoedas e seu enorme impacto na sociedade. Ele conheceu o Bitcoin em 2013 sem saber que a criptomoeda tomaria conta de sua vida anos depois. Ele trabalhou em outros portais de notícias sobre criptomoedas e atualmente é um dos contribuidores do CoinGape.

Loading Next Story