Golpe com Bitcoin no Tinder é Denunciado por Mulheres que Foram Enganadas por Perfil Falso


Bitcoin Scam
Bitcoin Scam

Golpe com Bitcoin no Tinder é Denunciado por Mulheres que Foram Enganadas por Perfil Falso

  • Perfil usava imagem de astro chinês para enganar mulheres com a promessa de investimentos em Bitcoin
  • Homem afirmava que ficou rico investindo em criptomoedas
  • Grupo de mulheres que caiu no golpe alerta para “Don Juan Chinês”

Um perfil falso está aplicando golpes com Bitcoin (BTC) através do famoso aplicativo de relacionamentos Tinder. Segundo o Metrópoles, um grupo de mulheres em Brasília – DF denunciou o homem por trás do esquema, que foi chamado de ‘Don Juan chinês’.

Logo após conquistar a confiança das vítimas, o perfil começa a oferecer investimentos em Bitcoin para as mulheres. Com fotos de um famoso chinês, o golpista pede depósitos em dinheiro para as vítimas, com a promessa de um suposto investimento em criptomoedas.

No entanto, a promessa de riqueza é um golpe envolvendo o nome do Bitcoin. Chamado David, o perfil falso é apresentado para as mulheres como um empresário chinês, que teria ficado rico com o BTC.

Mulheres caem em golpe com Bitcoin

Segundo a denúncia sobre o caso envolvendo o golpe com Bitcoin, e que agora está sendo investigado pela 3ª Delegacia de Polícia em Cruzeiro, o golpista atraiu as vítimas através do Tinder.

Assim, com imagens do famoso Yan Wu, o perfil falso no aplicativo de relacionamentos é apresentado como um falso empresário para as mulheres que foram atraídas pelo golpe.

Conforme depoimento das vítimas, David afirma que possui 36 anos, e diz que não fala português fluentemente. Depois de ganhar a confiança das vítimas, ele promete ajuda financeira, através de supostos investimentos em Bitcoin.

Ostentando uma vida de luxo para as vítimas, o Don Juan chinês apresentou informações falsas como onde ele estaria hospedado, em busca de criar uma imagem de alguém com muito dinheiro.

Além disso, David sempre dizia para as vítimas que sua riqueza era proveniente de investimentos em Bitcoin. Logo após apresentar como funciona a criptomoeda para as vítimas, ele pedia depósitos em dinheiro com a promessa de investir em BTC.

Uma das vítimas afirmou que conversou durante duas semanas com o perfil falso no Tinder. Em entrevista ao Metrópoles ela afirma que o golpista conquistava facilmente as vítimas.

“Conversamos por duas semanas, e ele dizia que me amava. Ele falava que trabalhava com investimentos e não sabia falar português.”

De acordo com a investigação, essa não é a primeira vez que mulheres caem em golpe desse tipo através de aplicativos de relacionamento. Em 2020, a Polícia Civil do Distrito Federal investigou um caso envolvendo uma mulher que perdeu R$ 80 mil em um caso parecido, onde um golpista fez 26 vítimas.

CoinGape Twitter

Assine nossa newsletter gratuitamente

Disclaimer A Coingape está comprometida em seguir os mais altos padrões de jornalismo e, portanto, segue uma política editorial rigorosa. Dessa forma, a CoinGape toma todas as medidas para garantir que os fatos apresentados em seus artigos sejam precisos.
Isenção de responsabilidade: As opiniões, previsões, posições ou estratégias expressadas pelos autores e pelos que fornecem comentários são apenas suas e não refletem necessariamente as opiniões, previsões, posições ou estratégias da CoinGape. Faça sua pesquisa de mercado antes de investir em criptomoedas. O autor ou publicação não se responsabiliza por sua perda financeira pessoal.
Author: Paulo José
Jornalista apaixonado pelo universo das criptomoedas e seu enorme impacto na sociedade. Ele conheceu o Bitcoin em 2013 sem saber que a criptomoeda tomaria conta de sua vida anos depois. Ele trabalhou em outros portais de notícias sobre criptomoedas e atualmente é um dos contribuidores do CoinGape.
Publique seu comentário...
Paulo José 189 artigos
Jornalista apaixonado pelo universo das criptomoedas e seu enorme impacto na sociedade. Ele conheceu o Bitcoin em 2013 sem saber que a criptomoeda tomaria conta de sua vida anos depois. Ele trabalhou em outros portais de notícias sobre criptomoedas e atualmente é um dos contribuidores do CoinGape.
Follow Paulo @