Hot Wallet vs. Cold Wallet: Qual é a melhor maneira de armazenar sua criptomoeda?

Por Guilherme de Faria Martins da Silva
Publicados Maio 6, 2023 Atualizado Julho 3, 2023
By Guilherme de Faria Martins da Silva
Published Maio 6, 2023 Updated Julho 3, 2023

Neste artigo, vamos explorar essas diferenças e as vantagens e desvantagens dessas carteiras.

Todo dono de criptomoeda precisa de uma carteira de criptomoedas. E isso porque possuir uma carteira cripto é essencial para manter seus ativos digitais seguros. 

No entanto, você também quer garantir que sua carteira de cripto preferida ofereça o nível desejado de funcionalidade, fornecendo segurança. Mas, para conseguir isso, é preciso entender as diferenças entre os dois principais tipos de carteiras cripto — hot wallet e cold wallet — para saber qual satisfaz melhor suas necessidades.

Neste artigo, vamos explorar essas diferenças e as vantagens e desvantagens dessas carteiras. Ao mesmo tempo, mencionaremos algumas das melhores carteiras do mercado das quais você pode escolher.

Hot Wallet vs. Cold Wallet – O que são

Uma hot wallet é um tipo de carteira cripto que está sempre acessível e conectada à internet. As chaves privadas necessárias para autorizar transações são armazenadas online. Como resultado, a criação e o registro de transações na blockchain podem ser automatizados e não exigem envolvimento humano. Isso torna as hot wallets ideais e convenientes para o uso diário, já que os usuários podem acessar facilmente seus ativos.

Por outro lado, uma cold wallet é uma carteira criptográfica de hardware que armazena ativos fora da internet. Ele foi projetado para maior segurança e armazenamento de longo prazo, especialmente para quantidades significativas de ativos digitais. As chaves privadas são armazenadas offline e exigem envolvimento humano para autorizar a criação e o registro de transações na blockchain. Ao contrário das hot wallets, ele não é projetado para uso diário, pois muitas vezes exigem 24-48 horas para transferir fundos.

Hot Wallet vs. Cold Wallet – Comparação

Segurança

Estar conectado à internet expõe as hot wallets a vulnerabilidades, como roubo de ativos, se a segurança da chave privada for comprometida. Se você possui grandes quantidades de criptomoedas, a abordagem recomendada será armazenar porções menores em uma hot wallet e reabastecê-la quando o saldo ficar baixo.

As carteiras frias estão offline e impedem que as chaves privadas entrem em contato com qualquer sistema online. Como resultado, eles são menos suscetíveis a roubo ou hacks on-line do que as hot wallets. Sua chave privada nunca entra em contato acidentalmente com um servidor on-line onde pode ser visualizada por outra pessoa. O dispositivo só se conecta à sua conta online quando está fisicamente conectado por meio de uma porta USB ou usando um código QR específico.

Para hackear e roubar uma carteira fria é necessário acessar fisicamente o dispositivo de hardware, além de quaisquer PINs ou senhas necessárias para abri-lo.

Embora a maioria das hot wallets apresente medidas de segurança integradas para proteger seus fundos, como frases de semente de recuperação, elas não podem corresponder à segurança das carteiras frias offline.

Acessibilidade e Proteção contra Perdas

As hot wallets são acessíveis em vários dispositivos, portanto, se você perder seu computador ou smartphone, poderá recuperar seus fundos usando uma estratégia de backup como uma frase semente.

Você ainda pode usar  uma frase de recuperação  para recuperar suas chaves se perder sua carteira fria, inserindo a frase de recuperação em uma carteira de software compatível. Mas você precisará comprar um novo dispositivo de hardware.

No entanto, com qualquer uma das opções, você corre o risco de perder permanentemente o acesso à sua carteira se esquecer sua frase de semente de recuperação.

Precificação

A maioria das hot wallets são gratuitas e podem ser baixadas nas lojas Android e iOS. Eles também são mais fáceis de configurar e fornecem uma melhor experiência de usuário do que as carteiras frias. No entanto, algumas hot wallets podem exigir juros sobre ativos armazenados.

As carteiras frias exigem a compra de hardware externo, tornando-as caras de configurar. O preço dos dispositivos de carteira fria varia de US $ 50 a US $ 250.

Hot Wallets: Prós e Contras

Profissionais

  1. As Hot wallets dão-lhe acesso instantâneo aos seus ativos a qualquer momento, independentemente das circunstâncias; não há necessidade de se atrapalhar com uma conexão USB.
  2. Fácil de instalar e apresenta uma ótima interface de usuário e experiência, que pode ser modificada com atualizações.
  3. Muitas vezes estão disponíveis gratuitamente ou têm baixos custos de manutenção.

Contras

Propenso a roubos e hacks/ataques maliciosos, que podem levar a grandes perdas.

Cold Wallets: Prós e Contras

Profissionais

  1. Offline e quase impenetrável para hacks
  2. As carteiras frias apresentam medidas de segurança extras, como senhas, PINs e verificação biométrica.
  3. Ativado para a frase de recuperação em caso de perda, roubo ou dano do dispositivo.

Contras

  1. As carteiras frias às vezes podem exigir um tempo maior para que as transações sejam realizadas, tornando-as inadequadas para day traders e transações rápidas.
  2. Caro para configurar

Exemplos de Hot Wallets

Abaixo estão alguns exemplos de hot wallets:

MetaMask: Este é um plugin de navegador popular e carteira que é interoperável dentro de muitos blockchains e padrões de token.

 Exodus: Exodus é um aplicativo responsivo a dispositivos que se conecta ao Exodus DEX e suporta 150+ ativos digitais

Mycelium: Um aplicativo móvel específico para investimento em tokens Bitcoin e ERC-20. Compatível com carteiras frias: Trezor e Ledger.

Klever: Este é um aplicativo web3 móvel e baseado na web que permite aos usuários gerenciar seus ativos digitais com segurança. Compatível com blockchains BSC, Ethereum, Kusama e Tron, os usuários têm acesso a tudo o que precisam para explorar, negociar e interagir com seus projetos favoritos em um único local.

Exemplos de Cold Wallets

Aqui estão alguns exemplos de carteiras frias:

Ledger: A Ledger é um hardware semelhante ao USB que permite aos usuários negociar e adquirir mais de 1.000+ ativos digitais.

Trezor: Este é um pequeno hardware plug-in que dá aos usuários acesso a mais de 1.000 criptomoedas. O Trezor é compatível com PCs e dispositivos móveis.

Conclusão

Tanto as carteiras quentes quanto as frias possuem características únicas que as tornam benéficas ou um ponto fora da curva para os investidores. As carteiras frias são hábeis em fornecer segurança robusta para fundos no longo prazo, mas sacrificam a fácil acessibilidade dos fundos. Por outro lado, os traders que exigem interação frequente com seus fundos se beneficiam de hot wallets, mas podem precisar comprometer a segurança.

No entanto, você pode combinar ambas as soluções para garantir a melhor segurança para seus ativos, mantendo a funcionalidade desejada.

Escritor de conteúdo experiente em investimento e domínio de blockchain. Recentemente, obteve a certificação de Agente Autônomo de Investimento. Prospecto e planilhas de fundos de investimento, informações técnicas e comerciais relacionadas a produtos de investimento, white papers, white papers técnicos, sites e postagens em mídias sociais.
O conteúdo apresentado pode incluir a opinião pessoal do autor e está sujeito às condições de mercado. Faça sua pesquisa de mercado antes de investir em criptomoedas. O autor ou a publicação não tem qualquer responsabilidade por sua perda financeira pessoal.
Guilherme de Faria Martins da Silva
3267 artigos
Escritor de conteúdo experiente em investimento e domínio de blockchain. Recentemente, obteve a certificação de Agente Autônomo de Investimento. Prospecto e planilhas de fundos de investimento, informações técnicas e comerciais relacionadas a produtos de investimento, white papers, white papers técnicos, sites e postagens em mídias sociais.

Loading Next Story