Mercado Bitcoin Ensina Como Analisar uma Criptomoeda com Indicadores On-Chain

By Paulo José
Published Setembro 23, 2021 Updated Setembro 23, 2021

Mercado Bitcoin Ensina Como Analisar uma Criptomoeda com Indicadores On-Chain

By Paulo José
Published Setembro 23, 2021 Updated Setembro 23, 2021
  • Mercado Bitcoin publica vídeo sobre educação financeira
  • Exchange ensina sobre análise gráfica de criptomoedas
  • Indicador compa novos investidores com antigos hodlers

Logo após anunciar a marca de três milhões de usuários, a plataforma brasileira Mercado Bitcoin divulgou um vídeo sobre educação financeira. No tutorial, a exchange ensina a usar três indicadores on-chain para análise de criptomoedas.

Divulgado nesta última terça-feira (21), o vídeo da exchange ensina a usar dados da rede blockchain para definir uma análise sobre o desempenho da criptomoeda no mercado.

Além de capitalização atingida e a valorização do ativo no mercado, “a blockchain gera milhares de dados em tempo real, o que nos permite acessar informações mais precisas”, afirma Carol Souza, criadora digital do Mercado Bitcoin.

Como analisar uma criptomoeda

Na análise on-chain, os dados apresentados são classificados como fundamentalistas, enquanto que estudos técnicos são voltados mais para o desempenho do preço.

O primeiro indicador apresentado pela exchange é o “RHODL ratio”, uma métrica usada para demonstrar se houve uma entrada excessiva de novos investidores no Bitcoin.

Em comparação com antigos investidores, esse indicador é capaz de perceber movimentações no mercado como que grupo está armazenando mais criptomoedas e por quanto tempo.

“Ele compara a quantidade de Bitcoin segurada por uma semana com um a dois anos. Quando essa taxa fica alta significa que há muitos hodlers de curto prazo, e que o mercado talvez esteja sobreaquecido ou sobrecomprado.”

Indicadores on-chain

Além do indicador “RHODL ratio”, o Mercado Bitcoin apresenta mais duas métricas on-chain que podem ser usadas para a análise do desempenho do preço do Bitcoin (BTC).

Outro indicador apresentado no vídeo, o “MRVv-z” utiliza a capitalização de mercado para calcular um preço médio para a criptomoeda. Depois disso, este valor é comparado com o período em que os investidores obtiveram o maior lucro com o BTC, também chamado de “valor realizado”.

“Ele compara a capitalização do mercado atual com o valor realizado. Ou seja, quando as pessoas mais realizaram lucros. Esse indicador, ele mede quando cada Bitcoin se moveu pela última vez. Ele pega o preço naquele dia e ‘caça’ uma média.”

Em terceiro lugar, o vídeo da exchange Mercado Bitcoin apresenta o indicador on-chain SOPR. Nessa métrica, é avaliado se quem vende BTC está com lucro ou prejuízo no mercado.

“É um indicador ótimo pra captar o ‘sentimento’ do mercado. Se as pessoas estão vendendo com perda, elas estão assustadas, isso quer dizer que elas estão capitulando por causa de alguma notícia ou acontecimento negativo.”

CoinGape Twitter

Isenção de responsabilidade
O conteúdo apresentado pode incluir a opinião pessoal do autor e está sujeito às condições de mercado. Faça sua pesquisa de mercado antes de investir em criptomoedas. O autor ou a publicação não tem qualquer responsabilidade por sua perda financeira pessoal.
sobre o autor
Paulo José
290 artigos
Jornalista apaixonado pelo universo das criptomoedas e seu enorme impacto na sociedade. Ele conheceu o Bitcoin em 2013 sem saber que a criptomoeda tomaria conta de sua vida anos depois. Ele trabalhou em outros portais de notícias sobre criptomoedas e atualmente é um dos contribuidores do CoinGape.

Loading Next Story