Piada do McDonald’s faz criptomoeda scam subir quase 300.000%

By Paulo José
Published Janeiro 26, 2022 Updated Janeiro 26, 2022

Piada do McDonald’s faz criptomoeda scam subir quase 300.000%

By Paulo José
Published Janeiro 26, 2022 Updated Janeiro 26, 2022

O Twitter é a rede social com maior impacto no mercado cripto. De mensagens do bilionário Elon Musk ao influenciador digital Felipe Neto, é na plataforma que muitos famosos comentam sobre criptoativos e fazem até piadas com alguns projetos, como o McDonald’s fez recentemente.

A rede de fast food decidiu responder a uma questão apresentada por Elon Musk, que disse que a empresa deveria aceitar pagamentos com criptoativos, mais precisamente em Dogecoin (DOGE).

Ao ser questionada sobre a altcoin, o McDonald’s criou o nome de uma criptomoeda chamada Grimacecoin e disse que a Tesla deveria aceitar aquele ativo digital primeiro.

Atualmente, a Tesla aceita pagamentos em Dogecoin e Elon Musk já declarou ser um defensor do criptoativo, classificado como um meme no mercado cripto.

Não demorou muito para que dezenas de projetos da Grimacecoin fossem criados no mercado cripto. Um desses projetos, chamado Grimacoin, alcançou uma valorização de quase 300.000% logo após se aproximar de US$ 2 nesta última terça-feira (25), antes de cair vertiginosamente.

Várias criptomoedas scans foram criadas com o nome do ativo digital inventado pelo McDonald’s. Embora o criptoativo não tenha nenhuma ligação com a rede fast food, criminosos aproveitaram a exposição do nome no Twitter para lançar projetos fraudulentos no mercado.

CoinGape Twitter

Isenção de responsabilidade
O conteúdo apresentado pode incluir a opinião pessoal do autor e está sujeito às condições de mercado. Faça sua pesquisa de mercado antes de investir em criptomoedas. O autor ou a publicação não tem qualquer responsabilidade por sua perda financeira pessoal.
sobre o autor
Paulo José
429 artigos
Jornalista apaixonado pelo universo das criptomoedas e seu enorme impacto na sociedade. Ele conheceu o Bitcoin em 2013 sem saber que a criptomoeda tomaria conta de sua vida anos depois. Ele trabalhou em outros portais de notícias sobre criptomoedas e atualmente é um dos contribuidores do CoinGape.

Loading Next Story