Recuperação Judicial do GBB Demostra que Cláudio Oliveira Mentiu ao Dizer que Novas Plataformas tinham 3 mil Clientes


Recuperação Judicial do GBB Demostra que Cláudio Oliveira Mentiu ao Dizer que Novas Plataformas tinham 3 mil Clientes

Foi veiculada nessa segunda-feira (27)  a conclusão da perícia judicial realizada pela EXM Partners, administradora judicial do processo de recuperação do Grupo Bitcoin Banco (GBB), a pedido da juíza da Primeira Vara de Falências e Recuperação Judicial de Curitiba (PR), Mariana Gusso.

A perícia concluiu que o GBB está em condições de continuar com o processo de Recuperação Judicial, segundo documento compartilhado com o site de notícias Cointelegraph em 27 de abril.

“Diante de todo o contexto analisado e pontuado, bem como das constatações efetuadas durante a visita in loco, pelos representantes da Administradora Judicial, é possível concluir que as empresas requerentes se encontram em atividade comprovada, com funcionários ativos, condizente com os fins econômicos, sociais e jurídicos do instituto da Recuperação Judicial

(…) esta Administradora Judicial pode concluir que resta verificada a regularidade do procedimento com os requisitos previstos na Lei 11.101/05, não vislumbrando óbices ao deferimento do processamento da presente demanda por este juízo, a fim de que o instituto em comento surta seus efeitos práticos.”, conclui a perícia.

As reais condições das empresas

A perícia que havia sido aprovada pela juíza visava a “constatação das reais condições de funcionamento das empresas recuperandas e análise da regularidade e da completude da documentação apresentada nos autos pela empresa, não havendo que se falar em viabilidade econômica das recuperandas, mas tão somente em controle de legalidade pelo judiciário”.

A perícia realizada pela empresa constatou que o GBB já possui quase R$ 1 milhão em conta e pouco mais de 500 clientes. O Documento diz:

“Durante a visita de perícia prévia realizada, conforme já relatado em tópico acima neste relatório, foi possível constatar que de fato existe operação e atividade comprovada do Grupo Bitcoin Banco, que, até a data do presente relatório, recebeu o cadastro de 593 novos clientes na plataforma ZATER, sendo que destes, 154 clientes estão ativos (já efetuaram depósitos e movimentações de Exchange)

Por fim, com base nos extratos bancários e relatórios financeiros da Recuperanda ZATER, entre os dias 18 de fevereiro e 09 de abril de 2020, foi possível identificar a entrada de recursos relacionados à depósito de clientes no montante de R$ 953.890, e, saída de recursos relacionados à resgate de clientes no valor de R$ 676.338. Adicionalmente, estão sendo cobradas taxas de corretagem no percentual 0,5% nas operações de execuções de ordem, de todo volume negociado nas plataformas, e, 1,5% nas operações de resgate.”, segundo destacou a EXM.

Relatório da Recuperação Judicial prova que Cláudio Oliveira Mentiu

Há poucas semanas, conforme reportado pelo CoinGape, Cláudio Oliveira lançou áudio comemorando “3 mil clientes” que as novas plataformas do GBB teriam alcançado. O número de cerca de 150 clientes ativos, porém, demonstra o alto grau de falsificação que o número inicial de Cláudio demonstra. Mesmo que se conte o número total de cadastros, em pouco mais de 590 clientes, o número de 3 mil “comemorado” pelo controlador do GBB havia sido uma clara mentira.

Summary
Recuperação Judicial do GBB Demostra que Cláudio Oliveira Mentiu ao Dizer que Novas Plataformas tinham 3 mil Clientes
Article Name
Recuperação Judicial do GBB Demostra que Cláudio Oliveira Mentiu ao Dizer que Novas Plataformas tinham 3 mil Clientes
Description
Foi veiculada nessa segunda-feira (27)  a conclusão da perícia judicial realizada pela EXM Partners, administradora judicial do processo de recuperação do Grupo Bitcoin Banco (GBB), a pedido da juíza da Primeira Vara de Falências e Recuperação Judicial de Curitiba (PR), Mariana Gusso .
Author
Publisher Name
CoinGape
Publisher Logo
Disclaimer A Coingape está comprometida em seguir os mais altos padrões de jornalismo e, portanto, segue uma política editorial rigorosa. Dessa forma, a CoinGape toma todas as medidas para garantir que os fatos apresentados em seus artigos sejam precisos.
Isenção de responsabilidade: As opiniões, previsões, posições ou estratégias expressadas pelos autores e pelos que fornecem comentários são apenas suas e não refletem necessariamente as opiniões, previsões, posições ou estratégias da CoinGape. Faça sua pesquisa de mercado antes de investir em criptomoedas. O autor ou publicação não se responsabiliza por sua perda financeira pessoal.
Author: Ezequiel Gomes

Ezequiel Gomes é escritor, Youtuber, palestrante, jornalista e entusiasta incondicional da blockchain e da descentralização proporcionada pelas criptomoedas.

Publique seu comentário...
Ezequiel Gomes 724 Articles

Ezequiel Gomes é escritor, Youtuber, palestrante, jornalista e entusiasta incondicional da blockchain e da descentralização proporcionada pelas criptomoedas.

Follow Ezequiel @