‘Corretor das celebridades’ é Preso por Envolvimento com Negócio de Bitcoin

By Paulo José
Published Outubro 13, 2021 Updated Outubro 13, 2021

‘Corretor das celebridades’ é Preso por Envolvimento com Negócio de Bitcoin

By Paulo José
Published Outubro 13, 2021 Updated Outubro 13, 2021

As investigações sobre a GAS Consultoria continuam e na manhã desta quarta-feira (13) mais um suspeito foi preso por envolvimento com o negócio. De acordo com a Polícia Federal, Michael de Souza Magno foi localizado enquanto dirigia um Jaguar no interior de São Paulo.

Também conhecido como “corretor das celebridades”, Michael de Souza Magno é apontado como operador dos negócios da GAS Consultoria. Embora não exista relação comprovada entre ele e o “faraó dos Bitcoins”, Glaidson Acácio dos Santos, o corretor é investigado pela Operação Kryptos II.

A GAS Consultoria é uma empresa que prometia lucro de 10% com supostos investimentos em Bitcoin. Acusada de ter movimentado mais de R$ 38 bilhões, o negócio é investigado como sendo uma pirâmide financeira.

Prisão do corretor das celebridades

Michael de Souza Magno foi detido enquanto dirigia na rodovia Castelo Branco, próximo ao município de Araçariguama – SP. O corretor estava em um Jaguar no momento em que foi abordado pelos policiais.

Considerado foragido depois que a Operação Kryptos foi deflagrada, Michael de Souza Magno pode responder por crimes como fraude contra o sistema financeiro tradicional.

Logo após ser detido, o “corretor das celebridades” deverá ser transferido para o Rio de Janeiro, onde as investigações sobre a GAS Consultoria estão concentradas.

Apontado como corretor dos famosos, Michael de Souza Magno era conhecido como o responsável por negociar imóveis para celebridades brasileiras.

De acordo com a investigação sobre o caso, o corretor das celebridades possui relação com o casal Tunay Pereira Lima e Márcia Pinto dos Anjos. Assim como Glaidson Acácio dos Santos, os dois foram detidos no final de agosto de 2021, logo após a Operação Kryptos ser deflagrada no Rio de Janeiro.

Ao investigar a relação de Michael de Souza Magno e o casal preso, as autoridades descobriram notas fiscais em nome do corretor, mas que foram encaminhadas para o email pessoal de Tunay Pereira Lima.

Enquanto isso, as autoridades tentam entender a relação do corretor com o “faraó dos bitcoins”. Foi descoberto que Michael de Souza Magno comprou duas mesas de jogos que tiveram como destino a casa de Glaidson.

CoinGape Twitter

Isenção de responsabilidade
O conteúdo apresentado pode incluir a opinião pessoal do autor e está sujeito às condições de mercado. Faça sua pesquisa de mercado antes de investir em criptomoedas. O autor ou a publicação não tem qualquer responsabilidade por sua perda financeira pessoal.
sobre o autor
Paulo José
290 artigos
Jornalista apaixonado pelo universo das criptomoedas e seu enorme impacto na sociedade. Ele conheceu o Bitcoin em 2013 sem saber que a criptomoeda tomaria conta de sua vida anos depois. Ele trabalhou em outros portais de notícias sobre criptomoedas e atualmente é um dos contribuidores do CoinGape.

Loading Next Story