Polícia Encontra Técnico que Ganhou R$ 125 Mil Minerando Criptomoedas em Universidade


Polícia Encontra Técnico que Ganhou R$ 125 Mil Minerando Criptomoedas em Universidade

  • Técnico em manutenção usava energia elétrica de universidade
  • Mineração de criptomoedas era mantida escondida em tubo de ventilação
  • Polícia judiciária encontrou € 20 mil em carteiras digitais do suspeito

Quase R$ 125 mil foram apreendidos recentemente pela Polícia Judiciária em Portugal, que encontrou um técnico de manutenção minerando criptomoedas clandestinamente em uma instituição universitária localizada em Setúbal.

De acordo com o Público, o minerador utilizava a energia elétrica da universidade para obter ganhos com criptomoedas. Durante a investigação, as autoridades encontraram equipamentos instalados em um tubo de ventilação.

No total, oito equipamentos para mineração foram apreendidos pelas autoridades, que encaminharam o suspeito para um interrogatório. Ele pode responder por crimes como peculato, abuso de confiança e acesso ilegítimo.

Mineração ilegal na universidade

Em busca de ter um lucro superior ao mercado através da atividade de mineração de criptomoedas, um técnico em manutenção decidiu agir ilegalmente ao roubar energia e instalar equipamentos em uma universidade em Portugal.

No entanto, o servidor – que não teve o nome divulgado pela Polícia judiciária – terminou detido após a descoberta do famoso ‘gato’ instalado em um tubo de ventilação que fica a quatro metros do chão na instituição universitária.

Além do acusado, oito placas para mineração foram encontradas pelas autoridades e foram apreendidas. O técnico em manutenção da instituição estava furtando energia e mantinha os equipamentos conectados ao sistema de internet do local.

Prisão e apreensão de R$ 125 mil

A Polícia judiciária de Portugal divulgou que encontrou cerca de € 20 mil, ou quase R$ 125 mil, em carteiras para criptomoedas que eram usadas pelo técnico em manutenção detido por minerar ilegalmente.

Segundo a investigação sobre o caso, o minerador detido movimentava as criptomoedas obtidas na mineração através de carteiras na BlockFi, Coinbase e Blockchain.com.

Além de criptomoedas e equipamentos de mineração de criptomoedas, as autoridades apreenderam um computador que pertence ao técnico em manutenção. Depois de ser interrogado, o suspeito foi liberado pela Polícia Judiciária, e deve estar a disposição da Justiça que investiga o caso.

CoinGape Twitter

Assine nossa newsletter gratuitamente

Disclaimer A Coingape está comprometida em seguir os mais altos padrões de jornalismo e, portanto, segue uma política editorial rigorosa. Dessa forma, a CoinGape toma todas as medidas para garantir que os fatos apresentados em seus artigos sejam precisos.
Isenção de responsabilidade: As opiniões, previsões, posições ou estratégias expressadas pelos autores e pelos que fornecem comentários são apenas suas e não refletem necessariamente as opiniões, previsões, posições ou estratégias da CoinGape. Faça sua pesquisa de mercado antes de investir em criptomoedas. O autor ou publicação não se responsabiliza por sua perda financeira pessoal.
Author: Paulo José
Jornalista apaixonado pelo universo das criptomoedas e seu enorme impacto na sociedade. Ele conheceu o Bitcoin em 2013 sem saber que a criptomoeda tomaria conta de sua vida anos depois. Ele trabalhou em outros portais de notícias sobre criptomoedas e atualmente é um dos contribuidores do CoinGape.
Publique seu comentário...
Paulo José 213 artigos
Jornalista apaixonado pelo universo das criptomoedas e seu enorme impacto na sociedade. Ele conheceu o Bitcoin em 2013 sem saber que a criptomoeda tomaria conta de sua vida anos depois. Ele trabalhou em outros portais de notícias sobre criptomoedas e atualmente é um dos contribuidores do CoinGape.
Follow Paulo @