Seleção Brasileira Lança Criptomoeda por R$ 3 e Arrecada R$ 91 Milhões em Uma Hora

By Paulo José
Published Julho 27, 2021 Updated Julho 27, 2021

Seleção Brasileira Lança Criptomoeda por R$ 3 e Arrecada R$ 91 Milhões em Uma Hora

By Paulo José
Published Julho 27, 2021 Updated Julho 27, 2021
  • Agora é possível comprar o fan token da seleção brasileira através da plataforma Bitci
  • Cada unidade da criptomoeda BTF será vendida por cerca de R$ 3
  • Lançamento de altcoin pode render R$ 91 milhões de arrecadação para a CBF

Logo após o lançamento do fan token do Corinthians, a Seleção brasileira de futebol decidiu lançar sua própria criptomoeda, através de uma parceria com a plataforma Bitci.

De acordo com o projeto do fan token da seleção do Brasil anunciado recentemente no Twitter, cada unidade da criptomoeda BTF será negociada previamente por € 0,5, ou ainda, cerca de R$ 3, considerando a cotação atual para o euro em relação ao real brasileiro.

No total, durante a fase de lançamento a Comissão Brasileira de Futebol (CBF) vendeu 30 milhões de unidades do fan token, em menos de uma hora, que foram disponibilizadas para a venda na manhã desta terça-feira (27).

Tken BFT da CBF será vendido por R$ 3 (Reprodução/Twitter)

Criptomoeda da seleção do Brasil

Mais uma vez o Brasil sai na frente em relação a criação de tokens no meio esportivo, com a seleção de futebol sendo uma das primeiras do mundo a ter uma criptomoeda própria.

Segundo a CBF, a BTF será negociada exclusivamente através da Bitci, que também é responsável por criar o fan token do time de futebol. Através da plataforma, qualquer pessoa poderá comprar a criptomoeda BTF.

Assim, com vendas iniciadas hoje, o token da seleção brasileira terá uma emissão total de 30 milhões de unidades durante a fase de lançamento, que representam mais de R$ 90 milhões de receita.

“O BTF token é um token real escrito na rede blockchain da Bitcichain. Ao contrário de projetos semelhantes, as carteiras frias podem ser negociadas em plataformas de negociação, em linha com os acordos, independente de um ecossistema fechado.

Plataforma limita compra de torcedor

Com apenas 100 milhões de unidades no total, a BTF foi lançada oficialmente no mercado nesta terça-feira (27). Agora, é possível comprar a criptomoeda da seleção brasileira somente através da Bitci.

Assim, em uma venda prévia do fan token, 30 milhões de unidades da altcoin serão disponibilizadas para o público. Segundo estimativa de lançamento do projeto, o fan token pode alcançar 5o mil investidores.

Além disso, durante a venda prévia da criptomoeda será permitido apenas a compra de até seis mil unidades por pessoa. De acordo com a CBF, o lançamento do token da seleção brasileira é “a maior oferta da história”.

No Twitter, a CBF ensina como os investidores podem comprar o fan token, utilizando a plataforma da Bitci.

“Você poderá comprar o BTF token depois que ele se tornar disponível na plataforma de criptografia exclusiva da Bitci. Para comprar o BTF token, você deve primeiro comprar o Bitcoin. Os fãs brasileiros, que são membros da Bitci, podem comprar o Bitcicoin imediatamente inserindo o endereço da carteira do Bitcicoin em Indacoin.”

CoinGape Twitter

Isenção de responsabilidade
O conteúdo apresentado pode incluir a opinião pessoal do autor e está sujeito às condições de mercado. Faça sua pesquisa de mercado antes de investir em criptomoedas. O autor ou a publicação não tem qualquer responsabilidade por sua perda financeira pessoal.
sobre o autor
Paulo José
292 artigos
Jornalista apaixonado pelo universo das criptomoedas e seu enorme impacto na sociedade. Ele conheceu o Bitcoin em 2013 sem saber que a criptomoeda tomaria conta de sua vida anos depois. Ele trabalhou em outros portais de notícias sobre criptomoedas e atualmente é um dos contribuidores do CoinGape.

Loading Next Story